Friday, May 25, 2007

Juventude Leonina - Esboço duma possível história (cont.)

O início dos anos 90 significam para a Juventude Leonina a transferência da mítica Ponta Sul para a Superior Sul do Estádio de Alvalade, isto já no mandato de Sousa Cintra, eleito em 1989, depois de um período de grande turbulência directiva e desportiva motivada pela direcção do polémico Jorge Gonçalves, que dirigiu o clube durante a época 1988-89. É também neste período que se começam a falar pela primeira vez de infiltrações de extrema-direita nas claques de futebol, e a Juventude Leonina não foi excepção, e começaram-se a ver bandeiras com cruzes celtas junto das faixas da claque. Se estas bandeiras neo-nazis tinham de facto algum significado político ou se não passavam de simples exibicionismo, é uma questão que se pode colocar. De qualquer das formas, e servindo de simples registo histórico, a foto mais antiga onde se pode observar este tipo de simbologia junto da claque refere-se a um Sporting-Benfica da época 1988-89, disputado na penúltima jornada deste campeonato, ganho pelos benfiquistas, e onde o clube da Luz venceu por dois golos sem resposta.

1 comment:

danieloliveira said...

o meu estupido do caralho então é só no sporting que há extrema_direita.
foda-se voces são como os burros tem palas e só olham para onde estão virados.
já agora para que conste
proximo julgamento criminal de alta segurança:
extrema esquerda e todos os porcos que se apresentam de passa montanhas e outras merda ilegais